Consultoria

Consultoria é um processo de transferência de conhecimento, treinamento de habilidades e respostas às dúvidas do cliente. Essa dinâmica deve fluir de tal forma que o cliente se aproprie do conhecimento, desenvolva habilidades, mude atitudes e entre em ação para atingir os objetivos propostos na consultoria. O protagonista sempre será o cliente, sendo o consultor o mobilizador e catalizador, não sendo seu papel atuar como gestor, decisor ou operacional.

A dinâmica do trabalho se dá com orientações ao empresário e/ou para a sua equipe sobre aquilo que foi definido como escopo e cronograma de trabalho, o qual está contido na proposta de trabalho como objetivos específicos. Uma consultoria é baseadas em dados fornecidos pelo cliente, portanto necessitam ser verdadeiros, e com total acesso do consultor para que ele faça sua análise e diagnóstico para embasar seu parecer técnico com indicações e soluções.

O consultor traz sua expertise profissional, conhecimento técnico e prático e metodologias. Suas indicações são direcionadas à realidade da empresa, acordadas e aceitas pelo empresário, uma vez que entende-se que são factíveis de realização. O empresário tem a responsabilidade de implantá-las.

PRESTAMOS CONSULTORIA EM:

  • PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
  • PLANO DE NEGÓCIOS
  • ORGANIZAÇÃO DE EMPRESAS
  • GESTÃO FINANCEIRA
  • GESTÃO POR PROCESSOS
  • IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO

CLIENTES ATENDIDOS:

Consultoria já realizada em centenas de empresas de diversos segmentos de mercado. Veja alguns cases a seguir:

  • Distribuidora polpa de frutas e açaí

Após consultoria financeira para implantação da gestão financeira, o empresário pode decidir com mais segurança, tomar decisões mais rápidas e gerenciar melhor as margens dos produtos vendidos. Foi implantado um sistema de gestão para controle financeiro, orçamento anual de custeio para acompanhamento das despesas com metas a serem perseguidas, relatórios financeiros para análise mensal do resultado financeiro e análise de indicadores financeiros, rentabilidade, lucratividade, ponto de equilíbrio. Foi feita a formação de preços bem detalhada com possibilidades de projetar no início do mês a meta de lucro desejada, compondo esta meta no preço de cada produto e nas informações de despesas fornecidas pelo orçamento de despesa.

  • Posto de Gasolina

Análise financeira de 1 ano de operações para descobrir a lucratividade do negócio. Foi feito levantamento de faturamento e das despesas mês a mês e descobriu-se que mesmo com um aumento de 40% nas vendas em determinado mês em virtude de promoção com redução de preços dos combustíveis, o lucro foi menor que em outros meses que a venda foi menor. O fato é que com a redução do preço de venda, diminuiu consideravelmente a margem de contribuição (que já era pequena em torno de 7%), e assim teve-se menos dinheiro para pagar as despesas fixas, e por conseguinte menos dinheiro para gerar lucro. Como as margens são muito baixas nesse ramo de negócio, não há muito espaço para redução de preço e viu-se que é melhor preservar a margem, mesmo com venda menor, do que aumentar a venda e lucrar muito menos. O volume de venda (litros) é extremamente importante para garantir lucratividade, aliado a meta de margem para pagar despesa fixa e gerar lucro, sem entrar em guerra de preço que não traz resultado positivo.

  • Provedor de acesso a internet via rádio

– Análise financeira para descobrir o resultado financeiro mensal da empresa que diversificou muito sua atividade, serviços de informática, de segurança, loja de informática e os proprietários não estavam identificando se cada segmento gerava lucro ou não. Após levantamento consistente de dados, optou-se por desfazer dos outros segmentos e concentrar no serviço de provedor de acesso. Resultado, em 2 anos houve um aumento de aproximadamente 1.000 clientes, após focar neste segmento. Identificou-se também que embora a margem seja alta, há necessidade de muito investimento para expansão do atendimento e para atualização tecnológica. Viu-se a necessidade de um orçamento de investimento anual para que os gastos não afetassem o  fluxo de caixa, comprometendo os pagamentos mensais.

– Mapeamento de processos – foi definida a estrutura organizacional do provedor, criando diretorias específicas adm/financeira e comercial, infra-estrutura e suporte ao cliente. Com essa definição, mudou-se o lay-out da empresa, criou-se departamento de atendimento de suporte ao usuário, mapeamento de todos os processos financeiros e operacionais, organizou o departamento de vendas em 2 áreas: vendas e atendimento ao cliente para assuntos administrativos, deixando a equipe comercial disponível para atender e vender.

  • Outros segmentos atendidos: restaurante self service, prestadora serviços ar condicionado, clínica de estética, fábrica de artefatos de cimento, casa produtos agropecuários, fábrica de embutidos, mini mercado, escritório de advocacia, prestadora de serviços torneadora, indústria confecção moda íntima, indústria de móveis planejados, indústria de móveis sala/jantar, prestadora de serviço de monitoramento, loja produtos naturais, açaiteria, indústria bombas injetoras, indústria sacos plásticos, indústria de cosméticos